FOLIA I
1996


FOLIA explora coreográficamente manifestações pertencentes ao universo da literatura oral e dos ritmos da cultura brasileira.
A partir da observação e estudo de parlendas, orações, trava-linguas, adivinhas, cantos, jogos e brincadeiras, são extraidas sugestões cênicas tanto para a movimentação dos intérpretes, quanto para o tipo de sons que esses emitem durante seu deslocamento.
Para a criação de FOLIA a coreógrafa contou com o suporte da Bolsa Vitae para sua pesquisa , estudando a obra de Mario de Andrade e usando a bagagem de dança contemporânea para fazer uma releitura das tradições populares.
Segundo Helena Katz, crítica de Dança do Estado de São Paulo, “poucas vezes se viu um manifesto de brasilidade debaixo da grife da dança moderna, realizado com tamanha sabedoria. Lia não apenas criou seu melhor trabalho como também uma peça importante para a dança.”
FOLIA contou com o apoio da Bolsa Vitae de Artes 1995 para a pesquisa .


Intérpretes : Denise Stutz, Duda Maia, Marcela Levi

Cenário : Keller Veiga

Figurino : Cica Modesto

Plano de luz : Milton Giglio

Objetos de cena : Magda Modesto e Cica Modesto

Trilha sonora original : Zeca Assumpção

gravação e masterização : Lelo Nazário (Utopia Studio)









voltar